Espumante Terranova Demi SEC 🇧🇷

R$45,00

HARMONIZAÇÃO

A versatilidade dos espumantes facilita bastante a harmonização entre vinho e alimento.

O estilo demi-sec possui um teor de açúcar significativo o que permite a combinação entre queijos mais leves e de massa mole ou semi mole e com sobremesas. Fácil de harmonizar e de agradar os paladares mais apaixonados pelo doce.

São exemplares perfeitos para as festas de final de ano. Para os aperitivos, as ceias e até mesmo para aquele momento descontraído de final de tarde. Pratos leves, frescos e com pouca estrutura.

PRATOS

Para o dia a dia, pratos à base de legumes e verduras com molhos agridoce são bem-vindos.

Salada de espinafre, cenoura e maça verde com molho de iogurte e passas.

Panqueca com recheio de pera e queijo tofu.

Torta de frutas com creme de leite de coco.

🎅Para os pratos de festas de final de ano escolha aperitivos ou pratos leves de entrada, como bruschetta de damasco e brie vegano, saladas com frutas e folhas verdes, farofa com frutas e castanhas e para a sobremesa o tradicional panetone.

1 em estoque

Descrição

Este espumante é elaborado com três variedades distintas de uva: Chenin Blanc, Sauvignon Blanc e Verdejo. O método utilizado para o espumante foi o Charmat (fermentação alcoólica e segunda fermentação em tanques de inox). As uvas foram fermentadas separadamente, dando origem a três vinhos que então foram “assemblados”. O espumante demi-sec pode ter entre 20 a 60g/L de açúcar.

A gama aromática da Chenin Blanc, a acidez e vivacidade do Sauvignon Blanc e o toque cítrico e mineral da Verdejo tornam esse espumante fresco, com boa acidez e aromas que remetem a frutas tropicais e notas florais, como rosas, madressilva e margarida.

SAUVIGNON BLANC

A casta Sauvignon Blanc é originária da região de Bordeaux, na França. É plantada em diferentes partes do Velho Mundo, como as renomadas regiões francesas do Vale do Loire, Sancerre e Pouilly-Fumé, considerados os melhores exemplares do Velho Mundo. Vinhos com aromas minerais, defumados, associados ao clima frio e ao solo. Acidez elevada e muito frescor.

Mas, o Novo Mundo descobriu que pode cultivar Sauvignon Blanc com excelência, produzindo vinhos de destaque e sendo inspiração para muitas outras regiões. Nova Zelândia é o exemplo clássico, com vinhos aromáticos e muito tropicais. Notas intensas de maracujá, abacaxi, manga, além dos característicos aromas cítricos e herbáceos, típicos de clima quente.

Além, do Chile, EUA e, claro, Brasil, com destaque para a região da Serra Catarinense.

É um vinho leve, fresco que tem suas características dependentes do terroir no qual as uvas foram cultivadas.

CHENIN BLANC

Nativa do Vale do Loire, na França é uma casta versátil que se adequa as mais diferentes regiões do planeta, expressando as características do terroir. Com destaque para a África do Sul. Na França os mais famosos são os Vouvray, da região de mesmo nome, mas outras regiões se destacam, como Saumur, com os espumantes Crémant do Loire e a região de Chinon.

A África do Sul possui destaque nas regiões da Cidade do Cabo, de Swartland e de Stellenbosch.

Os vinhos de Chenin Blanc apresentam coloração amarela e levemente esverdeada, acidez vibrante e perfil aromático que expressa notas de maçã, pera, melão, damasco, marmelo, toranja, até flores silvestres, mel, amêndoas e marzipan. São muito versáteis em estilo, dando origem desde vinhos secos aos licorosos e, excelentes espumantes.

VERDEJO

A história da sua origem tem duas vertentes: a primeira diz que a Verdejo é nativa do norte da África e de lá, no século XI, chegou à Península Ibérica. A segunda vertente diz que esta casta é originária de Castilla e León, local onde é mais cultivada, e a denominação de origem mais famosa é a de Rueda.

A uva Verdejo produz vinhos elegantes, frutados, muito refrescantes, alto teor alcoólico e acidez vibrante. Pode ser utilizada na elaboração de vinhos varietais ou em vinhos de blend. Sua coloração é esverdeada com reflexos dourados e seus aromas remetem a notas herbáceas, cítricas, com um toque de noz e mineralidade.

Fora da Espanha, a casta é encontrada na Califórnia e na Austrália.

Uva: Chenin Blanc, Sauvignon Blanc, Verdejo

País
Brasil

Região
Vale do São Francisco / Bahia

Classificação
Demi-Sec

Tipo
Espumante

Volume
750ml

Teor Alcoólico

12%

Visual
Leve intensidade de cor, tonalidade amarelo-esverdeada e perlage fina e persistente.

Olfativo
Seu aroma ressalta características odoríferas frutadas, mel e algo de especiarias como baunilha.

Gustativo
Bom frescor, equilíbrio e retrogosto doce e agradável.

 

Informação adicional

Peso 1.80 kg

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Espumante Terranova Demi SEC 🇧🇷”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *