Domus – Ishtar – Orgânico 🇱🇧

R$130,00

HARMONIZAÇÃO

As receitas para acompanhar este exemplar são à base de proteínas, legumes e frituras.

PRATOS: Bolinho de grão de bico com proteína de soja; Risoto de tomate seco e queijo curado; Risoto de abóbora com funghi.

5 em estoque

Descrição

A história dos vinhos na Líbano começou há cerca de 6 mil anos com os fenícios. As regiões dedicadas à produção de uvas viníferas estão muito próximas da capital Beirute, que se encontra à beira do Mar Mediterrâneo, e chegam a ter plantio em áreas localizadas a 1.800 metros acima do nível do mar, sendo considerados vinhedos em maior altitude no mundo.

A geografia das regiões de plantio colabora muito para a qualidade das uvas. As temperaturas altas do dia caem muito à noite (amplitude térmica) contribuindo significativamente na maturação das uvas. O Líbano possui algumas variedades autóctones, porém são as uvas francesas que dominam os vinhedos.

CABERNET SAUVIGNON

Esta casta é considerada a “Rainha das uvas tintas”. Os vinhos elaborados com a Cabernet Sauvignon são os mais famosos do mundo, pois a variedade se adapta aos diversos “terroirs” espalhados pelo mundo e origina vinhos de alta qualidade. Devido às suas características de adaptação, é a casta mais cultivada no mundo.

Possui película (casca) espessa e com alta carga tânica – os taninos são compostos fenólicos encontrados, principalmente nas cascas e sementes.  Dá origem a vinhos frutados e encorpados, taninos presentes e equilibrados.

MERLOT

Uva originária, segundo a história, no Oriente Médio, e de lá trazida até a França. Seu primeiro registro de uso na elaboração do vinho é recente, 1784, na região de Bordeaux, se destacando Saint-Émilion. Ali são produzidos rótulos consagrados, como Chateau Cheval Blanc e Chateau Petrus.

Sua disseminação pelo mundo foi rápida. Atualmente é a segunda variedade tinta mais cultivada no planeta. É de fácil adaptação aos diferentes solos e climas. É usada em blend ou como varietal.

SYRAH

Originária da região do sul da França, no Vale do Rhône. É amplamente cultivada na Austrália, onde seu nome é Shiraz e produz exemplares bem distintos dos franceses e que se destacam como alguns dos mais apreciados no mundo.

Seus vinhos apresentam as características de acordo com o terroir de cultivo, variando bastante entre os estilos, porém possuem em comum a coloração vermelha intensa, sabores e aromas potentes e complexos.

SANGIOVESE

É a casta ícone da Itália. Uva tinta protagonista dos vinhos mais famosos da Toscana, como o Chianti e o Chianti Clássico Brunello di Montalcino, são exemplos clássicos da nobreza da Sangiovese. É uma casta antiga, porém seu reconhecimento aconteceu somente depois do século XVIII, quando passou a ser uma das cultivadas na região da Toscana. Nessa região seu perfil aromático, expressa notas herbáceas, de cereja, taninos marcantes e alta acidez.  A Sangiovese produz vinhos que vão desde os mais leves e frescos aos mais encorpados e ricos aromaticamente.

O vinho Domus da Ishtar é um blend composto por essas 4 castas conhecidas mundialmente e que fazem parte de muitos rótulos, seja participando de blends ou varietais. O Domus possui notas frutadas que remetem às frutas negras, como amora, ameixa e nuances florais. Os taninos são aveludados e equilibrados, sem passagem por madeira, são as frutas que dominam os aromas.

Uvas
35% Cabernet Sauvignon , 25% Merlot, 25% Syrah , 15% Sangiovese

País
Líbano

Região
Darbechtar, Koura

Tipo
Tinto

Classificação
Seco

Volume
750ml

Safra – 2018

Teor Alcoólico
14,5 %

Visual
Vermelho cereja brilhante com aro roxo

Olfativo
Aroma floral e de frutas pretas

Gustativo
Aveludado no paladar. Domus é perfeitamente equilibrado com um final longo de frescor.

Potencial de guarda 7 anos

Serviço : 12° a 14°

Informação adicional

Peso 1.20 kg
Dimensões 36 × 20 × 11 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Domus – Ishtar – Orgânico 🇱🇧”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *